O que fazer para reaproveitar a água da chuva em seu condomínio.

Reduzir o consumo em um condomínio, reaproveitando a água da chuva, pode ser mais simples e fácil do que se imagina.

Tubulação - Administradora Condomínio
Sistema de Reuso de Água

A crise hídrica é uma triste realidade dos dias de hoje, em muitas regiões do Brasil. Em São Paulo, os sistemas de armazenamento de água estão com níveis alarmantes, inferiores aos níveis das crises de 2013. Para os condomínios é tempo de consciência e de uso racional. Mais do que nunca, continua valendo a frase, “SABENDO USAR NÃO VAI FALTAR”.


A preocupação com as questões ambientais e a sustentabilidade é mais do que uma tendência, já é uma realidade, desde grandes consumidores, como indústrias e grandes redes de varejo, até cidadãos comuns. E os condomínios também fazem parte dessa transformação, e devem contribuir como podem. A fiscalização de vazamentos e a instalação de hidrômetros individuais para cada apartamento, são cuidados importantes, porém, muito mais pode ser feito para economizar água dentro do condomínio.


Pensando gestão financeira e de recursos ambientais, muitos condomínios investem em sistemas que auxiliam a minimizar o consumo e a utilizar a água de forma mais eficiente e inteligente. Para os síndicos e condôminos, o reuso de água é uma excelente opção para tornar um edifício sustentável.


Na utilização do sistema de reuso são instaladas cisternas, que armazenam e reaproveitam a água da chuva para fins domésticos (lavagem de pisos, calçadas, carros, rega de jardins e nas descargas do vaso sanitário), gerando uma economia de até 40% no consumo do condomínio, auxiliando na preservação de bens hídricos e economizando recursos financeiros dos condôminos.


Trata-se de uma caixa ou um tanque, que mantem a água captada livre da luz do sol e de contaminação. O tamanho da caixa ou tanque pode variar, porém, é fundamental que ele fique em um local de base forte, que aguente o peso da água que ele suportará. O principal cuidado para qualquer condomínio que possui uma cisterna é garantir a existência e higienização dos filtros funcionais, para impedir a entrada de impurezas e o entupimento.


Reaproveitar a água da chuva em um condomínio pode ser muito mais simples do que se imagina. Segue abaixo uma lista dos principais equipamentos necessários e suas funções:


- Bacia coletora para captar a água da chuva, que geralmente é instalada no teto do edifício, porém, pode ser posicionada em outros locais da área comum do condomínio;


- Calhas levam a água captada até o reservatório e coletores são responsáveis por barrar resíduos maiores como folhas e galhos;


- Filtros de areia e de linha seguram a maioria das partículas contaminantes trazidas pela chuva. Enquanto o filtro desferrizador retira o ferro e o manganês que podem estar na água;


- Separador de primeiras águas é responsável por descartar a primeira chuva, pois, esta água não pode ser reaproveitada;


- Unidade de desinfecção é um sistema que elimina as bactérias da água, utilizando geralmente ozônio ou cloro.


- Cisterna é o reservatório para guardar a água da chuva;


- Pressurização é composta por bombas que têm a função de enviar a água estocada para as caixas de alimentação (reservatório elevado) do condomínio, onde ela estará pronta para ser reutilizada;


- Sistema de tubulação é necessário para segregar a água reaproveitada da água de consumo dos apartamentos, para seu uso independente e exclusivo.


Síndicos e zeladores precisam estar atentos para administrar o sistema, pois, a cisterna deve ser higienizada a cada seis meses, para evitar transmissão de doenças. Vários tipos de tratamentos podem ser adotados para água de reuso e, eles variam de acordo com o volume, o espaço e o uso final da água. Ainda com todos os filtros e aditivos, a água captada pela chuva não é potável, pois, pode conter poeira, fuligem e substâncias tóxicas. Por isso não pode, em hipótese alguma, ser consumida pelos condôminos.


#condomínio

#administração

#reusodeagua

#aguadachuva #síndico

#locação

#convenção

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo