top of page
  • Foto do escritorAlpgrem

Manutenção especializada para os jardins do seu Condomínio

Atualizado: 13 de out. de 2023

Com chegada da primavera, muitos condôminos se voltam para a natureza, os gramados e os jardins do seu condomínio.

Locação Airbnb - Administradora Condomínio
Manutenção de Jardins - Condomínio

Um item que tem sido muito valorizado em condomínios, especialmente num momento em que muitas pessoas trabalham em home office, é a área verde dos edifícios. Estudos mostram que, além dos benefícios ao meio ambiente, como a oxigenação do ar e o fator facilitador na irrigação do solo, os jardins propiciam melhora no convívio social, trazendo tranquilidade aos moradores.


Hoje, as áreas verdes no condomínio propiciam uma grande valorização do imóvel e, prédios que oferecem espaços ajardinados são muito procurados. Porém, para o síndico, zelador e administradora essas áreas requerem muita atenção. Isso porque, diferente do que muitos pensam, as áreas verdes merecem cuidado especializado. Não são raros os casos em que, para que não haja muitas despesas, o síndico opta por deixar a manutenção dos jardins a cargo do zelador ou de outro funcionário do condomínio.


Como em todos os itens de manutenção predial, as áreas verdes necessitam de cuidados específicos, que devem ser prestados por pessoas ou empresas capacitadas. A manutenção especializada é importante para que não aconteça de, por exemplo, colocação de plantas inadequadas para o espaço, que podem causar, desde a desidratação do solo até o crescimento desordenado de raízes, que podem danificar toda a estrutura do jardim e seu entorno.


Também é necessário que as plantas sejam de fácil adaptação à área do jardim do condomínio, que pode ser mais fechada, ou que não recebe muito sol, ou é muito exposta aos raios solares, enfim, há plantas específicas para cada ambiente.


Também deve-se ter atenção às plantas em vasos, que possam estar espalhados pela área comum. O tamanho dos vasos pode estar em dissonância com os espaços do condomínio, inclusive prejudicando o uso da área. Vasos em excesso, ao invés de embelezar o local, podem causar transtornos à administração e moradores, além de prejudicar o uso da área. Isto sem contar que eles, vasos e suas plantas, precisam estar muito bem cuidados e estar em harmonia com o ambiente do condomínio.


Em locais maiores, onde pode haver árvores, é necessário que tudo seja bem monitorado, para evitar que haja crescimento desordenado de raízes e acumulo de folhas que, dependendo da localização, pode causar entupimento de calhas e ralos do condomínio. A questão da poda também é muito importante e deve estar dentro das normas legais municipais. O síndico e a administradora devem garantir que o serviço será realizado por empresa especializada, com toda assessoria necessária. Na cidade de São Paulo, por exemplo, a poda depende de autorização da prefeitura. Retirada de árvores também requerem alguns procedimentos legais, como replantio ou indenização.


O cuidado com a área verde dentro do condomínio deve ser um item de muita atenção. Para tal, o síndico ou administradora devem contratar um profissional habilitado, mesmo que custe um valor razoável, pois, deve ser considerado um investimento ao bem-estar dos moradores, além de valorizar as unidades autônomas e o condomínio como um todo. Os condôminos e o ecossistema agradecem.



26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page